Prefeitura de Guarulhos

Você está em:

Estatísticas e Geografia

Meio Ambiente

O município de Guarulhos apresenta um clima subtropical úmido, com temperatura média anual de 19ºC, umidade relativa do ar média anual de 81,1, precipitação pluviométrica anual média de 1.470 mm e ventos dominantes SE - NO - E - O.

A cobertura vegetal primitiva é representada pela Mata Atlântica, também denominada Floresta Cantareira e, pela Mata Planaltina ou de Transição. Com a expansão populacional e industrial essa cobertura sofreu grande desgaste. Restam atualmente o Parque Estadual Cantareira (Núcleo Cabuçú) com 2.550 ha., a fazenda de Itaverava, algumas áreas localizadas na Tapera Grande, além de pequenos redutos de Mata existentes na cidade, Bosque Maia, Parque Fracalanza e Aeroporto Internacional, entre outros, preservados pela Legislação de Proteção Permanente.

O acelerado e desordenado processo de crescimento do Município de Guarulhos teve como consequencia o surgimento de diversos problemas sócio-ambientais, entre os quais se destaca a drástica redução de sua área florestada.

Entretanto, cerca de 30% do seu território ainda apresenta importantes remanescentes florestais (Mata Atlântica). Nossas florestas contêm rica biodiversidade, onde a fauna silvestre merece destaque. Levantamentos recentes de fauna com ocorrência no Município (Portaria 015/09 - SEMA), realizados pela Secretaria do Meio Ambiente, identifico 349 espécies de animais silvestres, entre mamíferos, aves, répteis e anfíbios. 31 destas espécies estão ameaçadas de extinção. Suçuarama, Jaguatirica, Gato do Mato Pequeno, Lontra, Bugio, Saruê, Gavião Carrapateiro, Gavião Pega Macaco, Jararaca e Teiu são alguns exemplos da fauna silvestre local, sendo que sua conservação é prioritária para o Município.

Reserva Biológica Burle Marx e Horto Florestal de Guarulhos

Criada através da Lei no. 3.703/90, a Reserva Biológica Burle Marx localiza-se no Horto Florestal de Guarulhos, no bairro Mato das Cobras. É uma Unidade de Conservação Municipal que tem como principal função a preservação da natureza e de seus atributos, sem interferência humana ou modificações ambientais, exceto as necessárias à preservação do equilíbrio natural e diversidade biológica.

Eacute; uma importante categoria da Unidade de Conservação prevista na Lei Federal no. 9.985/2000 (Sistema Nacional de Unidades de Conservação), sendo um importante instrumento para se garantir a manutenção da biodiversidade. Abriga uma mata de remanescente de Mata Atlântica, sendo possível encontrar ali espécies representativas de nossa flora, tais como a samabaia-açu, pau-jacaré, manacá da serra e também representantes de nossa fauna, a saber: o esquilo serelepe, gambá, ratão do banhado, sagui, entre outros.

O espaço é um grande complexo ambiental, funcionando ali também o Horto Florestal que contribui diretamente para os projetos paisagísticos da cidade, para a arborização e recuperação de áreas degradadas.

Administrado pela Secretaria do Meio Ambiente de Guarulhos, o local dispõe de uma trilha interpretativa monitorada com extensão de 1.250 m e um Centro de Educação Ambiental. São recebidos grupos organizados, de estudantes técnicos e demais interessados com idade superior a 12 anos para atividades de educação ambiental. A Reserva Biológica também recebe pesquisadores, estudantes universitários, técnicos para desenvolvimento de pesquisa científica com fins específicos para conservação da biodiversidade. Encontra-se em elaboração o Plano de Manejo da Reserva Biológica Burle Marx/Horto Florestal, que definirá as diretrizes básicas para a adequada gestão ambiental do espaço, com base nos princípios da conservação da biodiversidade e da sustentabilidade ambiental.

A Reserva Biológica Burle Marx representa um esforço da municipalidade em garantir compromissos pela conservação da biodiversidade, sendo este um elemento indispensável para tal, já que assegura a manutenção de mostras representativas de nossos ambientes naturais, além de ser um espaço promotor de oportunidades de pesquisa científica, educação e conservação ambiental.

Para maiores informações sobre autorização para realização de pesquisa científica e agendamento para visitas monitoradas - telefone: 2475-9861 ou 2475-9854.

E-mail Imprimir