Banner

Prefeitura de Guarulhos

Você está em:

Notícias

Programa de apoio ao desempregado viabiliza 84 novas vagas de emprego

A Secretaria do Trabalho, por meio do programa Bolsa Auxílio ao Desempregado (BAD), conseguiu inserir 84 pessoas no mercado formal de trabalho em 2012. O total de alunos matriculados foi de 950, o que representa um percentual de 9% do número de inscrições. Na comparação com 2011 (1.047 matriculados e 95 colocados no mercado de trabalho), o resultado é o mesmo: 9%.

 


Na opinião da coordenadora do BAD, Elaine Ribeiro da Silva, esse aproveitamento só não é maior em virtude da diversidade de pessoas que participam do programa. Segundo ela, muitos dos inscritos são moradores de rua, ex-presidiários, mulheres com muitos filhos, com mais de 40 anos de idade ou com problemas de saúde. “A maioria dessas pessoas prefere trabalhar informalmente e tem grande dificuldade para arrumar emprego”, avaliou.



Trabalhos comunitários


Criado em 2001, o BAD proporciona ocupação, bolsa-auxílio de R$ 200 por mês, cartão-alimentação no valor de R$ 70, vale-transporte e seguro para acidentes pessoais. Além disso, os bolsistas recebem formação permanente de qualificação profissional, incluindo noções básicas de saúde pública, educação ambiental, cidadania, auto-gestão e cooperativismo.
 

Em parceria com a Secretaria de Educação, o programa propicia a alfabetização e, com as Faculdades Integradas de Ciências Humanas, Saúde e Educação de Guarulhos (Faculdades de Guarulhos), a elevação de escolaridade e orientações para geração de renda.
 

Os participantes seguem uma rotina de trabalhos comunitários durante o período de 12 meses (que poderá ser prorrogado por mais três). Duas vezes por semana passam em salas de aula, enquanto nos outros três dias da semana realizam atividades voltadas à comunidade, como manutenção de praças públicas e de parques, pintura de faixa de pedestres, entre outros serviços. A carga horária é de quatro horas, das 8h às 12h ou das 13h às 17h.

Serviço

O Bolsa-Auxílio ao Desempregado é um programa permanente da Secretaria do Trabalho e oferece cerca de 1,2 mil bolsas.
Mais informações pelos telefones 2475-9716 / 2475-9718.

E-mail Imprimir