Projeto leva educação ambiental para sala de aula no Soberana

quarta-feira, 10 Outubro, 2018 - 18:15

Mais de 1.250 alunos, pais e moradores do entorno da EPG Pastor Sebastião Luiz da Fonseca, na Cidade Soberana, participaram nesta quarta-feira, dia 10, da 4ª edição do projeto Segurança e Educação, juntas na Prevenção. A ação leva para os Centros Educacionais Unificados (CEUs) e escolas públicas, uma programação com oficinas de Trânsito, Educação Ambiental e Primeiros Socorros, além de apresentação acrobática e exibição dos cães da Guarda Civil Municipal (GCM).

A atividade foi possível graças à parceria entre a Secretaria de Assuntos para Segurança Pública (SASP), por meio da GCM, e da Secretaria de Educação, através da Escola 360. Na programação, apresentação dos estudantes da EPG e exibição do grupo de ginástica acrobática Gigga, formado por jovens e crianças que participam de oficinas de acrobacia nos Centros Educacionais Unificados (CEUs). No pátio, as pessoas conferiram bem de perto os carros e as motos utilizadas pela corporação.

Na quadra, os GCMs montaram uma via pública com semáforos e de forma lúdica, explicaram como ter uma postura mais correta em relação ao trânsito, sempre atravessando na faixa de segurança, olhando para os dois lados, respeitando o alerta de pare, entre outras coisas. Na quadra também, o público pode assistir a uma demonstração dos cães da GCM que atuam no patrulhamento diário, no controle de distúrbio civil, e na busca por drogas, entre outros serviços de segurança.

Para o secretário Gilvan Passos (SASP), é muito bom poder levar esse projeto para as crianças. “Pra nós é uma alegria muito grande, mais uma vez poder levar para a escola uma parte da segurança pública e falarmos com as crianças sobre a importância do combate as drogas, sobre o meio ambiente, reciclagem, trânsito e  segurança em geral. E, principalmente, mostrar que o agente de segurança pública é um amigo”, salientou.

Atividades

Destaque para a oficina de Educação Ambiental que conta com palestras sobre Água, Recicláveis, Fauna e Flora, e Crimes Ambientais. Na oportunidade, os GCMs falaram sobre crise hídrica, a economia de água, poluição, descarte irregular em Áreas de Proteção Permanente (APP), o que prejudica o lençol freático e os rios; recicláveis, como fazer a coleta seletiva, a separação do lixo reciclável do orgânico e o reaproveitamento dos materiais, além da vida útil do aterro sanitário.

Para a mãe dos gêmeos Samuel e Davi, de 9 anos, Cristina Bueno, a ação é muito interessante. “Achei muito legal a iniciativa, pena que foi pouco tempo! Falei com a diretora para chamar os guardas num outro momento, seria muito bom ampliar o projeto para que as crianças pudessem participar de tudo, conhecer melhor como preservar o meio ambiente e ter cuidado com a água. Isso é perfeito para a comunidade e para as crianças”, salientou Cristina.

Para a diretora da EPG Pastor Sebastião Luiz da Fonseca, Mirian Pires Jacinto, que trabalha na escola há 15 anos. A GCM faz parte da escola. “Desde o início temos parceira com a Guarda Civil, sempre recebemos projetos como o Guard e palestras. Acho que devido à proximidade da base, acabamos tendo um contato mais direto. E como estamos na Semana da Criança, a GCM não podia faltar na programação”, destacou Mirian.

Já para a chefe técnica da Escola 360, Kilza Noriko Higa. A parceria com a guarda surgiu quando foi realizada uma edição do projeto pela primeira vez dentro do CEU. “Desde o CEU Otawa, essa parceria vem rendendo bons frutos. São passadas informações contra a violência e às drogas. Essa aproximação com a população dentro dos CEUs e escolas é muito importante. Os CEUs tinham uma característica mais esportiva e agora trabalham também com cidadania e ética na sociedade”, finalizou.

Imagens -  Sidnei Barros / PMG

 

Veja Também

Copyright 2016 Prefeitura de Guarulhos. Todos os direitos reservados.
Sobre