Transposição para o Regime Próprio representa ganho real de pelo menos 5% nos vencimentos dos servidores

Cerca de 60% dos servidores públicos que forem transpostos do regime celetista para o Regime Próprio passarão a receber, mensalmente, a partir do próximo mês de junho, os adicionais por tempo de serviço, sexta-parte e licença prêmio, o que pode acarretar um ganho real de 5% a 30% nos vencimentos.