Guarulhos ganhará 1º Centro Dia do Idoso na próxima semana

Segunda, 10 de Fevereiro de 2020 - 11:37

No próximo dia 18, o município vai ganhar o primeiro Centro Dia do Idoso e ainda um parque de nove mil metros quadrados, localizados na Cidade Jardim Cumbica. Trata-se de um espaço de convivência para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos que necessitem de cuidados durante o dia e à noite voltem para suas casas, mantendo os vínculos sociais e familiares. A prioridade do atendimento será para aqueles cujas famílias não têm condições de dar atenção e cuidado durante o dia por precisarem trabalhar ou estudar.

O prédio tem três pavimentos e subsolo, sendo construído de maneira sustentável com aquecimento solar, janelas dimensionadas para o aproveitamento da luz natural, captação de água das chuvas, rampas, piso tátil e corrimão em duas alturas. O equipamento da Prefeitura conta com 1.500 metros quadrados, salas de administração, salão para danças e ginástica, sete salas multiuso e vestiários.

Ligado à Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, o local oferece alimentação, acolhida e escuta qualificada, orientação e encaminhamento para a rede de serviços locais, atividades socioeducativas (oficinas e artesanato, lazer, música e pintura), terapia ocupacional, ginástica, dança, teatro, jogos de mesa, bailes, saraus, entre outras.

Parque

O parque de nove mil metros quadrados implantado ao lado do Centro Dia do Idoso possui pista de caminhada, mobiliário, quadra poliesportiva, playground, academia popular, paisagismo e arborização. Ele será administrado pela Secretaria de Meio Ambiente.

O complexo (Centro Dia do Idoso e o parque) foi executado com recursos federais do Ministério do Desenvolvimento Regional, no valor de R$ 4 milhões. Todo o projeto e o acompanhamento da obra foram realizados pela Secretaria de Meio Ambiente de Guarulhos.

Para execução e equipagem do serviço de convivência foram utilizados R$ 534 mil do Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, sendo R$ 150 mil para custeio de implantação (mobiliário e equipamentos) e R$ 384 mil para credenciamento do serviço, que será por execução indireta.

Fotos: Sidnei Barros/PMG