Guarulhos apresenta propostas para 2020 no Fórum Popular da Pessoa Idosa

Sexta, 31 de Janeiro de 2020 - 14:49

Com uma população idosa estimada em mais de 100 mil pessoas, número que supera o total de habitantes de cidades vizinhas como Santa Isabel e Mairiporã, Guarulhos apresentou nesta quinta-feira (30) as propostas da área de saúde para este segmento da sociedade no Fórum Popular da Pessoa Idosa. Realizado no Adamastor Centro, o evento reuniu militantes, líderes de movimentos sociais, dirigentes de instituições que acolhem pessoas idosas, membros do Conselho Municipal pelos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) e demais representantes da sociedade civil.

Mais de dez propostas que devem ser implantadas ainda neste ano foram apresentadas pela chefe da Rede de Atenção aos Direitos Humanos da Secretaria de Saúde, Elisângela Arantes de Souza. Dentre elas destacam-se a qualificação e potencialização dos cuidados em saúde à pessoa idosa nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), a capacitação para os médicos da Atenção Básica realizada por geriatras dos serviços especializados, o fortalecimento e o monitoramento da Avaliação Multidimensional da Pessoa Idosa na Atenção Básica.

Em 2020 a Secretaria de Saúde também pretende dar visibilidade às propostas aprovadas na 7ª Conferência Municipal da Saúde e na 6ª Conferência Municipal de Direitos da Pessoa Idosa de Guarulhos (ambas realizadas em 2019) referente a este tema, articulando para que tais demandas sejam devidamente encaminhadas e atendidas, fortalecer as parcerias intersetoriais, ampliar a parceria com a Pastoral do Idoso para a qualificação do cuidado ao idoso acamado, bem como apoiar e participar das ações promovidas pelo Fórum Popular da Pessoa Idosa e CMDPI.

Outra proposta da saúde para 2020 é a implantação de um Centro de Referência à Saúde da Pessoa Idosa (Ceresi) em todas as regiões de saúde e do Protocolo Municipal de Osteoporose, bem como a inclusão do capítulo sobre a Violência Contra a Pessoa Idosa no Protocolo de Atendimento a Situações de Violência de Guarulhos. Além disso, estão previstas ações para estimular as UBS a participarem da Premiação Selo Amigo do Idoso, realizada pelo Acolher Instituto, por meio de avaliação de ações de promoção da saúde com ênfase no envelhecimento ativo, e para divulgar grupos de atividades realizados nas UBSs para a população idosa.

O Fórum Popular da Pessoa Idosa é um espaço de debates, troca de informações a respeito da rede de serviços e políticas públicas, esclarecimento sobre as ações e programas e de promoção de conhecimento para a população, profissionais e gestores. Também se caracteriza como instância para o fortalecimento e empoderamento da população em relação a seus direitos e deveres, mudando o paradigma e a visão sobre a pessoa idosa e o envelhecimento. As demandas provenientes do fórum são deliberadas pelo Conselho Municipal da Pessoa Idosa de Guarulhos. 

 

Fotos: Sidnei Barros /PMG