Plano Verão minimiza os problemas do clima extremo na cidade neste ano

08/04/2019 - 15:59

Mesmo enfrentando um clima extremo nesta última estação, marcado por chuvas intensas e elevado número de tempestades, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) avalia que conseguiu alcançar bom resultado com o Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC), denominado Plano Verão. As ações de prevenção realizadas, como limpeza de córregos e bueiros e monitoramento de áreas de risco possibilitaram minimizar os problemas à população.

Segundo balanço do órgão, divulgado nesta segunda-feira (8), de 1º de novembro do ano passado até o último dia 31 foram registradas 858 ocorrências, totalizando 7.871 pessoas atendidas, das quais 5.300 receberam doações. A Compdec recebeu 4.360 pedidos de ajuda por meio do telefone 199.

Durante esse período também foram registradas 202 quedas de árvores e 143 pontos de alagamento. As regiões com maiores índices pluviométricos registrados na cidade foram: Centro, 1.350,6 mm; Cumbica, 1.314,8 mm; Soberana, 1.126,4 mm; Fortaleza, 1.075,1 mm; Aracília, 1.046,4 mm; Bonsucesso, 968,7 mm; Lavras-Soberana, 950,2 mm; Nova Cidade, 823,6 mm; e Cecap, 524.9 mm.

Plano Verão

O Plano Verão consiste em mobilizar todos os serviços públicos no mapeamento de áreas de risco e reforço do alerta às causas naturais que podem ocasionar desastres durante os meses do ano que costumam registrar maior precipitação chuvosa.  

Como medida preventiva, forças-tarefa da Prefeitura determinam ações para evitar alagamentos, desmoronamentos, deslizamentos e patologias da construção, como desassoreamentos de córregos, orientação a moradores, cadastros em programas sociais e de habitação, limpeza de pontos irregulares de acúmulo de resíduos, poda e retirada de árvores, entre outros.