Prefeitura se reúne com Gru Airport, Anvisa e PF para ajudar no combate ao coronavírus

Sexta, 31 de Janeiro de 2020 - 15:35

O prefeito de Guarulhos, Guti, esteve na manhã desta sexta-feira (31) no Aeroporto Internacional de Guarulhos para alinhar as estratégias adotadas pelo município junto a Gru Airport, concessionária que administra o aeroporto, Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e Polícia Federal no combate ao coronavírus, que vem se espalhando para diversos países a partir da China, onde cerca de 200 pessoas já vieram a óbito.  

Apesar de o Brasil não ter até o momento nenhum caso confirmado de pessoas infectadas com a doença, a cidade de Guarulhos, por ser a principal porta de entrada do país, já que 70% dos passageiros provenientes de países asiáticos ingressam no Brasil pelo aeroporto local, precisa estar atenta para que todos os protocolos médicos definidos sejam imediatamente adotados. Neste sentido, Guti já esteve na última quarta-feira (29) em reunião, em Brasília, com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Agora, ele estreita as relações com a administração do aeroporto e com a Anvisa.  

Durante o encontro, Guti ouviu do CEO da Gru Airport, Gustavo Figueiredo, e do diretor de Operações da empresa, comandante Miguel Dau, que o Aeroporto de Guarulhos já está realizando todas os protocolos necessários para inibir o contágio, em primeiro lugar dos trabalhadores que atuam no local, principalmente aqueles que têm contato direto com passageiros oriundos de viagens internacionais. A chefe do posto da Anvisa no aeroporto, Elisa Boccia, detalhou os procedimentos que já estão sendo realizados. “Os funcionários da Gru Airport, de empresas terceirizadas, da Receita Federal e da Polícia Federal estão orientados a usar os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), como máscaras e luvas”.

Elisa lembrou que o momento não é de pânico, já que a situação segue sob controle, mas que é necessário que todos os agentes públicos fiquem atentos à evolução da doença. “Neste momento, uma das principais armas que temos é a informação correta. Há muitas fake news sendo espalhadas com o objetivo de gerar o caos. A população precisa atentar para só acreditar em fontes oficiais”, explicou.

Guti reiterou a necessidade de Guarulhos acompanhar a situação de perto e colocou à disposição dos demais agentes envolvidos a estrutura da Secretaria Municipal de Saúde nas ações de combate à possível proliferação do coronavírus. “Muitos trabalhadores do aeroporto são moradores de Guarulhos. Vamos acompanhar de perto as ações para impedir que nossa população venha a ser atingida”, disse.