Providências gerais relativas ao funeral abrangendo: registro do óbito, reserva de velório, remoção do féretro de hospital, residência, IML (Instituto Médico Legal) STVO (Serviço Técnico de Verificação de Óbito), asilos, entre outros até o velório. Na agência funerária a família irá fazer a escolha do modelo de urna, véu, velas, vestimentas, tipo de ornamentação do féretro e agendamento do horário do velório e sepultamento.

Verifique se a pessoa falecida possuía convênio funerário. Nesse caso, procure a apólice de seguro e entre em contato com a companhia seguradora, para receber as orientações necessárias.

Ao receber a Declaração de Óbito das mãos do atendente, leia atentamente todos os dados preenchidos e caso haja alguma informação incorreta, peça imediatamente a retificação.

O Serviço Funerário Municipal oferece vários tipos de funerais, inclusive o gratuito. O funeral gratuito destina-se apenas àqueles que realmente não têm como pagar.

Esses documentos são necessários para que a certidão de óbito contenha todos os dados exigidos por lei, e que também serão usados para requerer pensão e fazer o inventário

 

Requisitos:

 

- Residente e falecido no município, será necessário apresentar comprovante de residência atual em nome do falecido ou preenchimento de declaração de residência.
- Residente e falecido em outro município, será necessário apresentar comprovante de residência atual em nome do falecido ou preenchimento de declaração de residência, percurso máximo de 200 km sendo ida e volta.
- Falecido no município e não residente, para sepultamentos nos cemitérios municipais a contratação deverá ocorrer exclusivamente com a funerária municipal.
- Falecido e residente em outro município, a contratação deverá ocorrer pelo serviço funerário local.
- Morte natural com ocorrência na residência, realizar boletim de ocorrência no distrito policial regional e posterior remoção pelo STVO.
- Morte não natural, realizar boletim de ocorrência no distrito policial regional do local de ocorrência do falecimento e posterior remoção pelo STVO/IML
- Se o falecimento ocorrer fora do município, o óbito deverá estar registrado ou ter autorização do Serviço Funerário local.

 

Documentos necessários:

DO CONTRATANTE

DO FALECIDO

CÉDULA DE IDENTIDADE

CERTIDÃO DE ÓBITO

CPF

CÉDULA DE IDENTIDADE

COMPROVANTE DE ENDEREÇO ATUAL

CERTIDÃO DE NASCIMENTO OU CASAMENTO

 

COMPROVANTE DE ENDEREÇO ATUAL

 

Forma de atendimento:

- Presencial.

 

Prioridade para atendimento:

- No atendimento presencial tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com criança de colo, os obesos e as pessoas com Transtorno do Espectro Autista.

 

Compromisso:

- Tempo de atendimento:

I – Contratação 30 minutos.
II - Montagem do funeral 02 (duas) horas.

 

Taxas:

- Verificar tabela de valores em vigor (no Serviço Funerário) Decreto Municipal nº 35898 de 23 de maio de 2019;
- Caso a família não tenha condições financeira de arcar com as despesas do funeral o serviço poderá ser realizado assistencialmente conforme Lei Municipal nº 1.729 de 26 de junho de 1972 e Decreto Municipal nº 37508 de 19 de janeiro de 2021, devendo ser comprovado através de Declaração de Hipossuficiência pelo próprio interessado e mediante apresentação de RG. A falsidade da declaração ensejará a responsabilidade civil e criminal do interessado.

 

Denúncias, reclamações, sugestões ou elogios:

- Por formulário próprio entregue ao final do serviço
- Através de e-mail funeraria@guarulhos.sp.gov.br

 

Locais de atendimento:

 

- Agência Central

Rua Osvaldo Cruz, 77 – Centro – Guarulhos/SP
Tel. (11) 2087.6810
Horário de Funcionamento: 07h às 18h00

 

- Agência Bonsucesso

Rua Catarina Maria de Jesus, 708 – Bonsucesso –
Guarulhos/SP.
Tel. (11) 2436.2418
Horário de Funcionamento: 07h às 18h00

 

- Agência Vila Rio

Av. Benjamin Harris Hunnicutt, 1327 – Vila Rio de Janeiro –
Guarulhos/SP.
Tel. (11) 2304.4201 – Fax. (11) 2304.4203
Horário de Funcionamento: 24h